Versione italiana English version Version française

ACTUALIDADES

     

Todas as actualidades

>
 

International > World Karting Championship

Em princípio, a corrida mais agitada por causa da sua grelha de partida invertida em relação à classificação intermediária, a pré-final 2 não fugiu à sua reputação no Bahreïn. A maioria dos favoritos mais concentrados no fundo da grelha, organizaram-se para partir em pleno gás, arranjando um pouco de espaço antes da linha de aceleração. Estava-se imediatamente em plena luta. Collard, Ruud Kjaer e Rocard não terminam nenhuma volta. Anthoine Hubert (Formula K) na luta pelo título, sofre um ataque virulento e é obrigado a abandonar depois de apenas duas voltas. Sergio Lopez Bolotin (Parolin) mantém-se na frente até à 7ª passagem, quando Gregory Antonov (MS Kart) o ultrapassa.

 

Durante este tempo, é necessário vigiar as subidas. A maior foi realizada por Charles Leclerc (ART GP) que entra no top 10 desde a 6ª volta. Um grupo de caça composto por Sam Webster (ART GP), Ben Barnicoat (ART GP), Joseph Mawson (Top Kart), Federico Savona (Top Kart) e Henry Easthope (Sodi) reúne-se entre as posições 16 e 20.

 

Na frente, Martin Mortensen (Formula K), Seva Gagen (Parolin) e Ville Mäntylä (Energy) pressionam os líderes. Leclerc continua o seu incrível percurso e termina em 5º, tendo partido da 26ª posição. Mawson classifica-se em 11º, na frente de Barnicoat, Amweg e Webster. 16º lugar para Easthope, 18º para Savona e 23º para Graham. Vitória de Mortensen, na frente de Gagen e Mäntylä.

 

 

Info Kartcom


George Russell instala-se no comando da partida para a Corrida 1 do troféu Academia de Bahreïn, na frente de Joonas Lappalainen, Martijn Van Leewen e Paolo Besancenez, enquanto Erwan Julé é ejectado da trajectória na primeira curva e cai para 24º. Lappalainen não demora a ultrapassar Russell. Alexander Maslennikov ataca forte, ele é 5º à 2ª volta, 3º na volta 3 e segundo na 5. Mais longe, Thomas Bale e Martin Ellegard também recuperam lugares e aproximam-se do top 5.


Pouco depois da ultrapassagem de Maslennikov a Russell, este último sai da trajectória e choca contra os blocos Tecpro colocados na curva do fundo do circuito, que impedem os concorrentes de utilizarem a escapatória. O choque é violento, Russell tem o discernimento de saltar do seu kart imobilizado em plena trajectória. Uma boa decisão pois o pelotão chega e o Espanhol Cervera choca violentamente contra a máquina. O procedimento « slow » é activado para o socorrer.

 

Podium-ACA-1.jpg


A corrida é primeiramente relançada na volta 10, mas a manobra não é clara: na confusão alguns pilotos lançam-se, outros mantêm o ritmo lento... Estamos um pouco perdidos. Depois tudo se passa melhor num verdadeiro restart na volta seguinte. Faltam realizar 4 voltas. Lappalainen não resiste muito tempo ao regresso de Bale. Na última volta, Maslennikov alcança o 2º lugar e Ellegard o 3º, apesar da resistência de Lappalainen.


É a primeira vitória internacional do piloto de Dubaï Thomas Bale, para além de efectuar o melhor tempo. Van Leewen classifica-se em 5º na frente de Lessennes e Julé, com uma admirável recuperação das profundezas da classificação. Este resto de corrida deixa no entanto uma estranha impressão global.

 

 

Info Kartcom / © Fotografias KSP


Uma partida confusa altera as posições da frente da 1ª pré-final do Campeonato do Mundo M18 no Bahreïn e falsifica um pouco o jogo. Henry Easthope (Sodi) encontra-se no exterior da escapatória da primeira curva após a linha e cai para 29º. Matthew Graham (Zanardi) passa do 1º para o 7º lugar, Anthoine Hubert (Formula K) do 3º para o 6º. É o Australiano Joseph Mawson (Top Kart) quem passa para o comando, na frente de 4 pilotos ART GP, Sam Webster, Charles Leclerc, Ben Barnicoat e Ricky Collard.

 

U18-P1.jpg

 

À 5ª volta, dá-se um reagrupamento na frente, vários ataques acontecem quase em simultâneo e Leclerc encontra-se no comando, na frente de Barnicoat e Mawson, seguidos de Collard, Webster, Hubert, Graham e Savona. Barnicoat persegue o seu colega de equipa e no entanto rival, Graham e Savona ultrapassam Hubert, depois Collard passa Mawson colocando-se na 3ª posição. Os 6 primeiros pilotos reagrupam-se novamente próximo da meta, enquanto Hubert está afastado na 7ª posição. Leclerc assegura a sua vitória com um ligeiro avanço de 357 milésimos na frente de Barnicoat, Collard é 3º, Mawson 4º, Graham 5º e Savona 6º, sendo também o piloto mais rápido da corrida.

 

O Francês Antoine Rocard (Sodi) classifica-se em 11º, Hubert Petit (Sodi) 13º e Esathope não vai além do 21º. Affolter e Parsons abandonaram no início.

 

 

Info Kartcom / © Photo KSP


Cantine.jpg

 

Não, não é um almoço de gala, apenas a habitual restauração para os pilotos, equipas e oficiais, sem discriminação, sob a hospitalidade do circuito de Bahreïn, tanto servido ao meio-dia como à noite, em horas bem fixas, desde o início do Mundial M18 2012. Pode-se mesmo aperceber nesta imagem o excelente comportamento de todos os participantes ou então acreditar na nossa palavra.

 

Saúde !

 

Coca.jpg

 

 

Info Kartcom / © Fotografias KSP


Reportagem > Formula 1

KSP_0001.jpg

KSP_0002.jpg

KSP_0003.jpg

KSP_0004.jpg

KSP_0005.jpg

KSP_0006.jpg KSP_0007.jpg

KSP_0008.jpg

KSP_0009.jpg

KSP_0010.jpg

KSP_0011.jpg

KSP_0013.jpg

KSP_0014.jpg

KSP_0015.jpg

KSP_0017.jpg

KSP_0018.jpg

KSP_0020.jpg

 

Um agradecimento especial a Abdulaziz Al Thawadi !

 

 

© Fotografias KSP


Todas as actualidades

>
 
Facebook Twitter Google+ Pinterest

Conexão



Parceiros