Versione italiana English version Version française

ACTUALIDADES

     

International > CIK-FIA European Championship

A decepção de não acolherem como previsto a primeira prova do Campeonato do Mundo KF1 não durou muito tempo em Varennes, face à intensidade das corridas do Campeonato da Europa KF3 e dos seus 105 participantes. Apesar de irregular, a meteorologia não perturbou verdadeiramente o desenrolar de uma competição cheia de surpresas, da qual saíram vitoriosos o Britânico George Russell na Corrida 1 e o Espanhol Alex Palou na Corrida 2. Mas as proezas não foram só dos vencedores, e alguns Franceses, como Dorian Boccolacci, tiveram a oportunidade de fazerem vibrar o público.

 

Start_KF3_Varennes.jpg

 

O Circuito Internacional Jean Brun de Varennes-sur-Allier não deixou a sua reputação de pista espetacular por mãos alheias, uma das melhores no mundo do karting. Impor-se em Varennes nunca é por mera sorte e apenas os pilotos talentosos podem inscrever o seu nome no seu palmarés. 105 Jovens pilotos com idades compreendidas entre os 13 e 15 anos, entre os melhores mundiais, originários de 22 nações diferentes, dos quais 17 Franceses, tinham encontro marcado em terra de Auvergne para a primeira das duas provas do seu Campeonato da Europa, o da categoria KF3.

 

A chuva, que tinha caído a rodos desde há vários dias, complicou o desenrolar dos treinos cronometrados de Sexta-feira aos quatro grupos, quando a pista secava progressivamente. Um jovem Italiano, Giuseppe Gagliano com o seu chassi Kosmic e motor Vortex, ainda pouco conhecido a este nivel e detectado durante uma operação de promoção, aproveitou para se destacar, ao assinar a pole position na frente dos mais experientes como o actual Campeão, o Britânico George Russell (Intrepid/Vortex), na segunda posição. O Francês Paolo Besancenez (Sodi/Parilla) obtinha o melhor resultado tricolor no 4º lugar.

 

Vinte e uma mangas de qualificação esperavam de seguida os concorrentes num ritmo constante, durante todo o dia de Sábado e manhã de Domingo. Cada piloto deveria disputar 6 corridas antes de poder figurar na lista dos 34 finalistas. Uma fase própria das corridas de karting, que necessita de uma boa maturidade para passar através de numerosas armadilhas: um abandono ou um mau desempenho podem ter consequências significativas. Neste jogo, o Britânico Connor Jupp (Energy/TM) saía no comando, na frente de dois Italianos, Alessio Piccini (Kosmic/Vortex) e Simone Cunati (Top Kart/Parilla). Dorian Boccolacci (Intrepid/TM) conseguia a melhor posição Francesa, 9º lugar após espantosas recuperações desde o seu 43º lugar nos cronometrados. Quatro outros tricolores faziam parte dos qualificados: Valentin Naud (Formula K/TM) 16º, Besancenez 19º, Arthur Lehouck (Sodi/Parilla) 32º e François Bécamel (Kosmic/Parilla) no limite, a 34ª posição.

 

As fases finais podiam assim iniciar com as suas duas corridas principais e o seu lote de pontos a distribuir apenas aos 15 primeiros. O título Europeu joga-se este ano em 4 corridas disputadas em duas provas, Varennes e PF'International no Reino Unido, com a possibilidade de descontar o pior resultado. A corrida 1 foi dominada por George Russell, enquanto Dorian Boccolacci seguia magistralmente em 2º na sua perseguição, à frente do piloto Croata Martin Kodric (FA Kart/Vortex) e do Espanhol Alex Palou (CRG/BMB). Vindo do 19º ao 6º lugar, Besancenez era de seguida desclassificado, devido a uma peça no seu kart que não estava em conformidade com os regulamentos. Lehouck assinava uma bonita recuperação do 32º ao 16º lugar, Naud sofria um ataque que arruinava todas as possibilidades de uma boa classificação e Bécamel não terminava nenhuma volta.

 

A corrida 2 começava com um acidente, que eliminava desde a primeira curva o poleman Russell. Uma volta mais tarde, era Boccolacci, o líder, quem seria abalroado pelo seu colega de equipa menos experiente, e caía para o fundo do pelotão. A partir de lá, a luta era entre o Americano Santino Ferrucci (Energy/TM) e Palou, depois o Inglês Alex Gill (SWRD/Parilla) e finalmente o Romeno Dionisos Marcu (Top Kart/Parilla). Palou encontrava a energia suficiente para resistir a Marcu e vencia a corrida com 1 décimo de segundo de avanço, enquanto Gill completava o pódio. Durante esse tempo, Boccolacci conseguia ainda uma magnífica subida alcançando o 11º lugar, Bécamel terminava em 22º, Besancenez em 24º e Lehouck em 28º. Naud era excluído desde a primeira volta.

 

Alex Palou, líder da classificação provisória: « É uma competição verdadeiramente difícil onde às vezes é preciso ter um pouco de sorte. Nós sabíamos que éramos rápidos no seco, mas foi preciso trabalhar muito para também sermos eficazes numa pista escorregadia. Estou muito feliz por ter vencido a Corrida 2 e encontrar-me na frente do Campeonato. »

 

George Russell, segundo da classificação provisória: « Na Corrida 1 correu tudo muito bem, eu controlei os meus adversários e comandei do início ao fim. Em contrapartida, no início da Corrida 2 fui verdadeiramente atirado para fora. Não sei o que se passou, mas é decepcionante. Felizmente que a minha primeira vitória me permite manter as minhas chances no Campeonato. »

 

Dorian Boccolacci, 3º do Campeonato com os mesmos pontos do segundo: « Tive alguns problemas na pista que me atrasaram, o que é muito chato, mas apesar de tudo estou contente pois a eficácia esteve presente. Agora espero ter uma boa corrida em Inglaterra. »

 

 

Info FFSA - Traducção Kartcom / © Fotografia KSP


Aceder às outras actualidades

Facebook Twitter Google+ Pinterest

Conexão